Em Destaque

Decoração com Feng Shui !!

Esta técnica é usada na China há milhares de anos para promover equilíbrio interior e a circulação de bons fluidos nos ambientes. A ideia é expandir as energias positivas dentro dos espaços permitindo que o ambiente possa receber as melhores vibrações da natureza. Detalhes na disposição dos móveis e na decoração promovem a harmonização dos espaços, aumentando a qualidade de vida dos moradores que ficam com boas energias, cheios de paz e alegria.
Para a energia fluir de maneira livre nos espaços, especialmente em residências, é preciso fazer a decoração de acordo com os milenares ensinamentos do Feng Shui. É preciso neutralizar os fluidos nocivos para não comprometer a circulação de energia. Aplicando essa técnica é possível, dia a dia, ir transformando o mal estar e stresse em felicidade com satisfação interior, além de activar as energias necessárias para que cada morador possa alcançar os seus objectivos e suprir as suas necessidades.

 

 

 

 

Mas, atenção, a mesma técnica ensina que, para que os benefícios apareçam, o primeiro passo é desejar realmente as mudanças, ou seja, o Feng Shui não faz milagres, apenas ajuda a natureza a canalizar boas energias para quem estiver pronto a recebê-las. Portanto, se você não acredita “nestas coisas” é melhor nem perder tempo com o Feng Shui... Para os que acreditam, vejamos então como proceder:

Como funciona
0 Feng Shui tem muitos detalhes, vamos aqui apenas dar um resumo dos seus princípios. A ideia é equilibrar na habitação os 5 Elementos básicos da natureza que, segundo a tradição chinesa, são o Fogo, Terra, Metal, Água e Madeira. Este equilíbrio é distribuído ao longo dos ambientes usando uma ferramenta chamada Baguá, um desenho de oito lados que divide o espaço em áreas que precisam ser activadas para atingir o equilíbrio energético.
0 Baguá simboliza diferentes facetas do ser humano, ou seja, áreas emque precisamos de estar equilibrados para nos sentir bem. Estas áreas são Trabalho, Espiritualidade, Família, Prosperidade, Sucesso, Relacionamentos, Criatividade, Amigos e Saúde, esta última localizada no centro da figura. Estes aspectos são chamados de Sectores ou Áreas e cada um deles é regido por um Elemento, além de ter suas cores e formas específicas.
O Baguá deve ser aplicá-lo na planta baixa da residência, perfilando a Área do Trabalho com a parede onde se encontra a porta principal. Com isto, ficarão determinados os outros Sectores, daí em diante é preciso ambientar cada espaço de acordo com os Elementos que irão favorecer o fluxo das energias positivas no local e aumentar a qualidade de vida de quem usufrui daquele ambiente.
Os cinco Elementos básicos da natureza A filosofia do Feng Shui sugere que os 5 Elementos da natureza, ou seja, Fogo, Terra, Metal, Água e Madeira, devidamente combinados, alteram as vibrações de um espaço. Justamente por isto, é necessário saber doseá-los por que o excesso ou a falta de um Elemento pode bloquear o trânsito de energias favoráveis e prejudicar o ânimo dos moradores. Para conseguir isto é preciso saber como activar a vibração de cada um dos elementos.

Fogo
Elemento associado a movimento, dinamismo, coragem e calor. Quando em excesso traz agressividade e intolerância.
Para ativar: Aplicar cores quentes, plantas com folhas pontiagudas e objetos em forma de triângulo, como pirâmides.
Cores associadas: Vermelho e púrpura.
Flores: Gerânio, bromélia e begônia.

Terra
No Feng Shui representa equilíbrio, estabilidade, sabedoria e beleza. O seu excesso pode antecipar problemas que estariam reservados ao futuro.
Para activar: Mobilar o local com móveis rústicos, objetos de formas quadradas e peças de cerâmica, como vasos e esculturas.
Cores associadas: Laranja, amarelo e marrom.
Flores: Amarelas, como o girassol.

Metal
Representa a força, controle, descrição e a comunicação. Se estiver em excesso tende a atrair destruição, perigo e tristeza.
Para activar: Decorar a divisão com objectos arredondados de mármore, vidro ou metal como, por exemplo, esculturas oumóveis de ferro.
Cores associadas: Branco e prateado
Flor: Jasmim

Água
Está ligada à reflexão, compreensão, sabedoria e relaxamento. Se usada em desarmonia ocasiona medo e nervosismo.
Para ativar: Decorar o local com utensílios de formas sinuosas, quadros com motivos marítimos, aquários e fontes.
Cores: Azul escuro e preto
Flores: Plantas em vasos de vidro

Madeira
Associada à persistência, criatividade, versatilidade e crescimento interior. O seu excesso dificulta a aceitação de críticas.
Para activar: Decorar a divisão com tapetes de juta ou de sisal, usar objetos de madeira e também quadros a representar plantas e flores.
Cor: Verde
Flores: todas elas podem representar esse elemento.

Aplicando o Baguá
O Baguá é o instrumento básico da aplicação do Feng Shui, além de ser ele mesmo uma imagem considerada poderosa como talismã e elemento de activação de energias e talismã. Consiste numa figura geométrica cujos 8 lados e também o centro têm cada um a sua função. Com o baguá é possível associar as diversas áreas da casa aos Sectores correspondentes na vida dos moradores. A cada uma dessas áreas adicionam-se cores, formas, objectos e elementos que ajudam a activar as boas energias emcada ambiente.

Para aplicar o baguá é necessário ter em mãos a planta baixa da residência, numa escala conveniente para ser usada com a figura de baguá que você tiver.
Verifique qual é a principal porta de entrada da residência, pode ser a porta principal ou ainda a dos fundos e até a da garagem, o que for mais utilizado no dia-a-dia.
Posicione o baguá sobre a planta alinhando o Sector do Trabalho à parede onde se encontra essa entrada. Alinhe a parede oposta com o sector do sucesso, esticando o desenho do baguá tanto quanto for necessário.
Feito isso, você poderá observar a planta da residência dividida em 9 partes. Cada uma delas representa um Sector da vida dos habitantes, cada uma dessas deverá receber acessórios específicos para atrair as energias positivas para harmonizar a
edificação, conforme veremos adiante.

Se a planta da residência for regular, pode-se facilmente localizar os Sectores na planta baixa, sem aplicar o Baguá. Basta dividir cada lado da residência em três partes iguais e unir cada um dos pontos aos dois pontos do lado oposto, com isto ficarão caracterizados os 8 sectores, não esquecendo que o Sector do Trabalho se encontra paralelo à porta de acesso principal e na face oposta a ele está o Sector do Sucesso. No centro da planta estará o Sector da Saúde.

No caso da planta ser irregular, para desenhar o baguá sobre ela, será preciso completar a área que estiver a faltar com um pontilhado, para depois seguir as instruções de harmonização. A área que sobrar é chamada de Área Faltante e deverá ser
harmonizada normalmente.

Como harmonizar os sectores
Definidos os sectores, resta harmonizar cada um deles para que cumpra a sua função e ajude os seus habitantes a ter uma vida melhor.

Sector do Trabalho
Responsável pelo reconhecimento profissional e oportunidades de trabalho.
0 que usar: Tudo o que estiver relacionado à profissão do habitante, como cartões de visita, livros e diplomas. Outros recursos que atraem energias positivas são fontes, aquários, espelhos e cristais. Também são recomendados quadros e gravuras com motivos marinhos, além de um tapete preto e um vaso de planta que cresça para cima.

Sector dos Amigos
Se o morador deseja viver cercado de pessoas confiáveis, é preciso harmonizar essa área. Quando as suas energias são estimuladas, as amizades ficam fortalecidas, agradáveis e é possível ganhar novos amigos.
0 que usar: Móveis e utensílios que contenham metal, como suportes de mesa, cadeiras, cestos ou aparadores, objetos redondos como pratos decorativos, espelhos ou relógios, aquários, presentes que o morador tenha recebido de pessoas queridas ou fotos dele com seus amigos.
Valorizar as cores claras, principalmente o branco e os tons pastel.

Sector da Criatividade
Para se dar bem na sua vida é preciso muita imaginação, e esta área devidamente activada vai fazer com que o morador tenha óptimas idéias diante das situações, demonstrando bom senso e inteligência.
0 que usar: Acessórios que lembrem a infância do usuário, itens como colecções de brinquedos ou livros infantis, fotografias dos filhos, objectos confeccionados por crianças (trabalhos de escola com molduras) ou de metal (persianas, luminárias, cadeiras), além de representações de natureza morta como frutas num prato ou flores num vaso.

Sector dos Relacionamentos
Para manter uma vida afectiva cheia de felicidade e amor, com isso a falta de harmonia tende a desaparecer abrindo caminho do seu sucesso no amor.
0 que usar: Objectos em pares como dois vasos, dois candeeiros, duas cadeiras ou dois espelhos. Também podem ser usados quadros que retratem harmonia conjugal, como um casal a beijarem-se, abraçando-se ou a sorrir. Também são bem-vindas fotografias do casal, acessórios emcerâmica como potes, vasos ou objetos em tons rosados como em lençóis, almofadas, cortinas, tapetes ou jogos de toalhas.

Sector do Sucesso
Para melhorar a sorte do morador, permitindo que realize tudo o que planeou e seja reconhecida como uma pessoa bem-sucedida. Isto é, melhora a reputação dos habitantes do local.
0 que usar: Velas, incensos, formas triangulares, luzes fortes, cristal multifacetado, aparelhos eletrônicos como a televisão. Também serão úteis enfeites dourados ou objectos vermelhos.

Sector da Prosperidade
Tem mais a ver com o dinheiro, mas também pode atrair abundância para outras Áreas. Este sector, quando activado, permite que o habitante ajude os
outros enquanto aproveita o melhor que a vida pode lhe oferecer.
0 que usar: Aquário, quadro de pescadores com redes cheias de peixes, motivos de peixe, moedas chinesas penduradas num cordão vermelho, objectos pesados (estátuas ou vaso grande de planta), móveis de cana-da-índia, tapete de sisal ou juta, estampas florais ou listradas, travessa em forma de barco ou lençóis de algodão ou linho.

Sector da Família
A harmonização desta área fortalece os laços familiares e torna a convivência cheia de harmonia. Segundo o Feng Shui, dessa maneira as crises entre irmãos ou pais e entre estes e os filhos tendem a desaparecer.
0 que usar: Objectos herdados, como sofás, mesa, cama ou faqueiro. Também se pode usar um ou mais móveis, aquário com peixes de diversas cores, fotografas da família reunida, quadros com representações de flores ou florestas, móveis de madeira, vasos de plantas, acessórios verdes como lençóis, forro de poltronas, cortinas, toalhas ou tapetes.

Sector da Espiritualidade
Aumenta a sabedoria e o crescimento pessoal para que o habitante possa alcançar a paz espiritual. Com a sua activação, é possível estimular a intuição, ter pensamentos positivos e desfrutar de tranquilidade.
0 que usar: Vasos de plantas com flores azuis, móveis, cristal multifacetado, livros de reflexão, imagens de anjos ou do Santo de devoção, gravuras de paisagens ou montanhas, um pequeno altar, velas, incensos ou flores.

Setor da Saúde (Centro do Baguá)

A sua activação permite que a vida seja longa, saudável e feliz. Com isso, a família vai conviver com mais disposição para encarar o dia-a-dia.
0 que usar: Bonsai, fontes, jardim interno, quadros ou esculturas representando o corpo ideal, móveis como cadeira, mesa ou estante e utensílios de bambu como bandeja ou talheres.

Dicas do Feng Shui para um lar mais harmonioso
O Feng Shui está muito ligado às antigas filosofias e tradições orientais, na verdade, é a representação física de várias delas, afinal o ser humano faz parte da natureza, assim como o fazem todos os outros elementos como plantas, animais, o ar, o sol e tudo o mais. Assim, não custa conhecer estes conceitos e procurar aplicá-los nas nossas vidas, mesmo que você seja a mais céptica das pessoas. Afinal, é como diz o ditado, “eu não acredito em bruxas, mas que elas existem, existem”...
- Procure ter em sua casa a representação de cada um dos cinco elementos usados no Feng Shui, que são: Fogo, Terra, Metal, Água e Madeira, devidamente harmonizados conforme vimos neste artigo.

- Procure manter a sua casa sempre em boas condições, pintura em ordem, sem gotas nem lâmpadas queimadas, mantenha as janelas limpas e com todas os vidros inteiros, nada de vidros quebrados.

- A primeira coisa a fazer quando se quer adaptar uma casa às normas do Feng Shui é desfazer das quinquilharias. Tudo o que já não tem utilidade na casa, ou que não é mais necessário, deve ser doado, vendido ou, simplesmente, atirado fora. Uma boa prática é agarrar objecto por objecto e perguntar-se: “Há quanto tempo não uso ou sequer pego nisto?”. Se a resposta for algo superior a um ano, desfaça-se imediatamente deste objeto, pois ele significa energia estagnada.

- Retire tudo que impeça a visão da entrada da casa, como árvores ou plantas muito grandes que ficam na frente da sua porta. Poda as árvores e plantas, pendure sinos tibetanos, coloque um bonito tapete e uma estátua de animal feroz ou de rapina. Pode-se colocar também um charco para os pássaros ou um chafariz próximo ao portão.

- Pode ser difícil de observar o que não está harmonioso na nossa casa porque nos vamos acostumando a isso. Para detectar melhor, uma boa ideia é tirar fotos, de frente da casa estando na rua, no portão ou na porta, com esta aberta para dentro, de cada um dos cantos das divisões, da porta da cozinha e assim por diante. Observe nas fotos o que há de errado, elementos como pintura, iluminação, harmonia na disposição dos móveis, necessidade de reparações nos móveis, e corrija tudo o que achar necessário.

- O fogão de casa deve estar sempre limpo e a funcionar perfeitamente. Evite acúmulos de energia estagnada, ao invés de usar sempre a mesma boca, use todas.

- As melhores mesas para se ter em casa são as que tem formato redondo, oval ou octogonal, fazem a energia fluir melhor.

- Nada de móveis em excesso da sala de jantar, deixe que haja liberdade de movimento para quem está a circular ou está sentado à mesa.

– Caso você more sozinho, use todas as cadeiras da mesa alternadamente, evite usar sempre a mesma.
 
- As camas devem ter acesso por ambos os lados. Não coloque nada debaixo dela, principalmente se for para guardar aqueles objectos que você já não precisa.
 
- Se as medidas do quarto permitirem, coloque uma planta bonita próxima da janela, mas sem exagero pois a respiração nocturna das plantas em excesso não é recomendável para o ser humano.

- Em todos os lugares escuros da casa, coloque abajures e candeeiros. Além de harmonizar, fica muito charmoso.

- Disponha os móveis de forma a que haja espaço para circular. Caso não tenha como, pense na real necessidade de manter cada um daqueles móveis. As cadeiras e sofás devem estar sempre encostados à parede, de preferência, numa posição de onde se veja quem entra.

- Faça da sua sala, um lugar agradável, com cadeiras e sofás confortáveis, muita luz de abajures e candeeiros, quadros bonitos e suaves, objectos de decoração elegantes, e tudo o que o faça sentir-se bem.

- Use várias cores em toda a casa. Ambientes onde o chão, as paredes e o tecto são da mesma cor tornam-se “frios”.

- Tenha um animal de estimação, de preferência animais pequenos e mansos, pois são óptimos "condutores" de energias boas.